Trabalho e produtividade

Autores qualificados, designadamente académicos e gestores, analisam nesta edição o principal problema económico do País: a produtividade da economia portuguesa.

Como se sabe, propagam-se velhas imprecisões (sejamos benévolos…) sobre o assunto. Por exemplo: “mais horas de trabalho correspondem a mais produtividade”. (Se assim fosse, não estaríamos na cauda da Europa em termos de produtividade, dado que trabalhamos mais horas do que a média europeia).

Ao longo da edição são tratados os vários aspectos que determinam e condicionam a produtividade, desde a organização das empresas à inovação, passando pela qualificação dos trabalhadores.

Por outro lado, assinalamos o centenário da OIT, através de textos de três especialistas atentos aos problemas globais. Como salienta a Directora da OIT Lisboa, “a baixa produtividade é uma das causas da pobreza no trabalho, impedindo, por exemplo, as empresas de criarem novos e melhores empregos”.

Realmente, este número dos Cadernos de Economia, embora centrado na produtividade da economia portuguesa, suas causas e consequências, transcende o âmbito nacional.

CAD126_capa

CAD126_indice

CAD126_editorial